Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :

O gasto dos turistas estrangeiros atinge a taxa mais alta desde 2016

O Brasil registrou um setembro histórico em termos de circulação de divisas. No total, os visitantes de outras nações deixaram 416 milhões de dólares no país, segundo dados do Banco Central.

Foi o índice mais alto do mês desde setembro de 2016, ano dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro, que registrou ingressos de 446 milhões de dólares.

Desta maneira, o gasto dos viajantes estrangeiros dentro do Brasil, entre os meses de janeiro a setembro, registrou um aumento de 80% em comparação com o mesmo período do ano passado. No total, ficaram mais de 3.600 milhões de dólares em destinos nacionais, o que representa 80% da quantia registrada no período pré-pandêmico.

Só em setembro, o país arrecadou 416 milhões de dólares. A cifra é 76,2% superior a do mesmo mês do ano passado, quando foram registrados 236 milhões de dólares. A quantia é uma das maiores registradas no ano. Em janeiro e março, totalizaram 421 milhões e 453 milhões de dólares, sendo os melhores meses para os ingressos gerados no país por gasto externo.

O aumento reflete o reinício do setor, que manteve um forte ritmo de crescimento desde o final do ano passado. Segundo dados da Polícia Federal, para o mês de maio, o país tinha recebido pelo menos um milhão de visitantes estrangeiros. Espera-se que para o final do ano ingressem ao país 4,2 milhões de turistas estrangeiros, segundo uma estimação da Agência Brasileira de Promoção Turística Internacional (Embratur).

  • Facebook
  • Twitter
This div height required for enabling the sticky sidebar