Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :

Adeus ao uso obrigatório de máscaras em aeroportos e aviões no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do país sul-americano retirou a exigência de máscaras em aeroportos e aviões.

A medida tinha estado em vigor desde 2020, quando começou a pandemia pelo covid-19, e agora só está sendo recomendado seu uso.

Segundo explicou o organismo, o atual cenário epidemiológico do coronavírus permite atualizar algumas medidas sanitárias, como o uso obrigatório de máscaras. Não obstante, assinalou que o uso das mesmas e a distância física são medidas eficazes para mitigar o risco de transmissão da doença e continuarão sendo recomendados.

“Dado o cenário atual, o uso de máscaras, adotado até o momento como uma medida sanitária coletiva, tornou-se uma medida de proteção individual”, observou a Anvisa.

Flexibilização das medidas

Em maio deste ano, a entidade permitiu o serviço a bordo dos aviões, no entanto, manteve o uso de máscaras nos aviões e nas zonas restringidas dos aeroportos. Nesse momento, também se autorizou o regresso da capacidade máxima para o transporte de passageiros.

Dias atrás, votou-se a favor da eliminação do uso obrigatório de máscaras em aviões e aeroporto. Como medidas preventivas, mantêm-se em vigor a disponibilidade de álcool em gel em aeroportos e aviões, procedimentos de limpeza e desinfecção, sistemas de ar condicionado, desembarque por filas, avisos sonoros e recomendação do uso de máscaras, especialmente a pessoas vulneráveis.

  • Facebook
  • Twitter
This div height required for enabling the sticky sidebar