Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :

O Brasil põe em andamento embarque biométrico facial em aeroportos

O país inaugurou o primeiro sistema de embarque biométrico facial de passageiros, o qual será utilizado nos aeroportos da ponte aérea das duas principais cidades do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, sem necessidade de utilizar documentação ou papéis.

Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio de Janeiro) são os primeiros aeroportos brasileiros a implementarem definitivamente a abordagem facial biométrico 100% digital para passageiros e tripulação. A nova tecnologia não requer a apresentação de cartões de embarque e documentos de identificação dos viajantes de voos nacionais que saem destes terminais.

Desta maneira, os viajantes que estiverem em voos com embarque biométrico e optarem por utilizar a tecnologia só necessitarão a imagem de seus rostos para faturar e aceder às salas de embarque e aos aviões. No caso dos auxiliares de voo e dos pilotos de aviação regulares, a solução inclui o acesso a áreas restringidas dos dois terminais aéreos.

Representantes do Governo inspecionaram o progresso dos trabalhos. O ministro de Turismo do Brasil, Carlos Brito, acompanhou de perto a implementação da tecnologia que fortalece o setor, na medida em que torna os processos mais seguros, confiáveis, ágeis e eficientes no momento de abordar a aeronave. Por outro lado, o Ministério de Infraestrutura assinalou que com a biometria o tempo médio de embarque se reduziu de 7,5 a 5,4 segundos por passageiro.

De outubro de 2020 a janeiro deste ano, mais de 6.200 passageiros participaram da fase de provas do programa, realizada em sete aeroportos do país.

  • Facebook
  • Twitter
This div height required for enabling the sticky sidebar