Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views : Ad Clicks : Ad Views :

Brasil retificou seus requerimentos de ingresso ao país

O Governo brasileiro voltou a mudar os requisitos de entrada aos menores de 5 a 12 anos, os quais geraram polêmica e temores na semana passada. A medida, que entrou em vigor no último 14 de fevereiro, exigia às pessoas dos cinco anos para frente apresentarem carnê de vacinação. 

Agora, por pedido de vários governos da América Latina, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) do Brasil estabeleceu que será exigido o certificado de vacinação às pessoas de 18 anos para frente para ingresso via terrestre e a partir de 12 anos para ingresso via aérea. Adicionalmente, esclareceu-se que os menores podem ingressar sem vacinação.

“O país exigia comprovante de vacinação a partir dos cinco anos e o Ministério de Saúde Pública do Paraguai, através de Relações Internacionais geriu para que se possa fazer uma exceção, analisamos e, posteriormente fizemos esta aproximação“, assinalou Francisco López, diretor de Pontos de Entrada e Controle de Fronteira do Ministério de Saúde do Paraguai.

As autoridades brasileiras informaram que no caso dos menores que ingressarem ao país sem certificados, igualmente deverão adotar as medidas sanitárias para a permanência no país tais como o uso da máscara, o distanciamento físico, a lavagem constante de mãos e artigos pessoais para evitar a propagação do vírus.

  • Facebook
  • Twitter
This div height required for enabling the sticky sidebar